sexta-feira, 27 de novembro de 2015

Privilégio.

Era uma conversa entre duas mulheres. Uma delas era branca, e a outra, negra. E a mulher branca disse, e isso vai soar muito retrógrado agora, ela disse: “Todas as mulheres enfrentam a mesma opressão como mulher. Todas as mulheres estão situadas no regime patriarcal e, por isso, todas têm um tipo de solidariedade intuitiva ou irmandade”. E a mulher negra disse: “Eu acho que não. Deixe-me lhe fazer uma pergunta”. Então a mulher negra diz para a branca: “Quando você acorda e olha no espelho, o que você vê?” E a mulher branca diz: “Eu vejo uma mulher”. E a mulher negra diz: “Veja bem, isso é um problema para mim. Porque quando eu acordo, e olho no espelho, eu vejo uma mulher negra. Pra mim, raça é visível. Mas pra você, é invisível. Você não a vê”. E então ela diz algo surpreendente. “É assim que funciona o privilégio. Privilégio é invisível para aqueles que o possuem.” É um luxo, eu diria para as pessoas brancas sentadas aqui, não ter que pensar sobre raça a cada segundo de nossas vidas. Privilégio é invisível para aqueles que o possuem”.

Igualdade de gênero. Porquê ela é boa para todos - incluindo os homens

Sem comentários:

Enviar um comentário